Terça, 11 Agosto 2020 12:28

Mensagem da CFFB para a Festa de Santa Clara

Irmãs e Irmãos da Conferência da Família Franciscana do Brasil, que alegria celebrar a Festa de Santa Clara, há séculos iluminando o mundo e nosso caminho, “Mulher admirável por seu nome, Clara de palavra e virtude, natural de Assis, de família muito preclara, foi concidadã do bem-aventurado Francisco na terra e, depois, foi reinar com ele na glória” (LSC 1).

Celebrada no dia 11 de agosto, esta festa é uma possibilidade de voltarmos no tempo e na história e percebermos o valor da dimensão humana e espiritual de Clara de Assis, “serva de Cristo, plantinha do nosso bem-aventurado pai São Francisco” (BSC, 6), mulher de seu tempo e de hoje, que nos convoca a viver o Evangelho.

De seu itinerário, impacta-nos sua “saída do mundo” (LCL 7), que demonstra sua coragem de pensar e escolher por si própria, através de um silêncio nutrido de ideias e um grande ideal; seu amor pela “Altíssima Pobreza” (TestC 37 – 40), que a definiu e marcou toda sua vida; sua relação com Deus (TestC 1 – 5), consigo mesma e com suas irmãs (ProcC 6,4; 12,6; 13,3), que nos revela sua experiência de profunda oração e contemplação e capacidade de acolher e cuidar da vida; sua vida de penitência (TestC 24 – 26) iniciada por iluminação do Pai; e como a experiência que faz de Jesus Cristo e da fraternidade de São Damião é inspirada em Francisco de Assis e suas orientações e palavras, sobretudo, de seu exemplo (TestC 18, 24 – 30).

Neste tempo de festa e confraternizações, em muito contribui para nossa formação entrar em diálogo com as Fontes Clarianas através da leitura, reflexão e partilha, trazendo presente a experiência desta mulher nobre, cuja vida foi de comunhão fraterna e apaixonada busca de Deus e que teve como regra de vida “viver o santo Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo” (RegCl 10, 9). Para melhor conhecer e compreender a fascinante história de Clara de Assis, deixamos como sugestão a leitura da Legenda de Santa Clara Virgem e do Processo de Canonização.

Aprofundar e refletir sobre seu itinerário e experiência de vida pode ser um estímulo eficaz para um confronto pessoal e comunitário para todos nós e, dentre outros, ensinar-nos o valor da perseverança e da fidelidade à escolha feita, em tempos em que com facilidade retira-se a palavra dada e a fidelidade jurada.

Santa Clara, nobre e rica, escolheu uma vida pobre e humilde. Viveu na pobreza e simplicidade no mosteiro de São Damião, um lugar retirado e fora dos muros da cidade de Assis, para onde acorriam ao seu encontro com pedido de ajuda e orações: pobres, nobres e eclesiásticos. A todos acolhia, a alguns aconselhava e a muitos abençoava e curava, traçando o sinal da cruz. Em vida, operou curas conforme relatos no Processo de Canonização (ProcC1, 16; 1,19; 2,13; 4, 7 – 11; 5,1; 6,8; 6, 9; 7,7; 7,12; 8,4; 9, 5 – 7; 11,1;12,8;13,5 – 7; 14,5).

Em tempos de dor, incertezas e angústia pelos quais passa a humanidade, consequência da pandemia provocada pelo COVID – 19, recorramos a nossa mãe Clara de Assis, plantinha do nosso bem-aventurado pai São Francisco, peçamos que interceda por todos nós, especialmente os pobres e marginalizados, e suplique a Deus para que, pela ciência, venha a cura através da vacina.

Irmãs e Irmãos da Conferência da Família Franciscana do Brasil, concluímos fazendo nossas as palavras de um trecho da Bula de Canonização: “Ó admirável clareza da bem-aventurada Clara…. Brilhou no século e resplandeceu na religião. Em casa foi luminosa como um raio, no claustro teve o clarão de um relâmpago. Brilhou na vida, irradia depois da morte. Foi clara na terra e reluz no céu” (BC 8-10) e desejamos a todos/as boas festas de Santa Clara!

Fraterno abraço,

Brasília, 06 de agosto de 2020

 

Irmã Cleusa Aparecida Neves, CFA
Presidente da CFFB

 

Ler 362 vezes
© 2016 - Ordem Franciscana Secular do Brasil.
Rua Adro de São Francisco, s/n, Saúde,
Zona Portuária, Rio de Janeiro – RJ
CEP 20081-290 - Fone: 55 (21) 2240-4565
Email: ofsbr@terra.com.br