Prioridades elencadas no XXXVI Capítulo Nacional Ordinário

 Prioridades elencadas no XXXVI Capítulo Nacional Ordinário e XIII Capítulo Nacional Eletivo da Ordem Franciscana Secular do Brasil.

          Os irmãos e irmãs, reunidos em Assembleia Geral, aprovaram as prioridades que deverão ser assumidas pelas Fraternidades Locais no triênio 2015-2018, a saber:

1.      Evangelizar, evangelizando-se: a Consciência do Sentido de Pertença:

- as Fraternidades Locais devem propiciar experiências de vida de oração franciscana que despertem o irmão para a vivência plena do seu “ser franciscano”;

- considerando-se a co-responsabilidade financeira entre os diversos níveis de nossa Ordem e, reconhecendo a “Revista Paz e Bem” como um instrumento de formação, informação e manutenção das atividades ordinárias do Conselho Nacional, os Conselhos, em seus diversos níveis, devem estimular a adesão da assinatura da Revista, como sinal de comunhão e unidade entre todos os franciscanos seculares do Brasil;

- constatando-se que há irmãos e irmãs que se apresentam de boa-vontade para o serviço de conduzir as diversas Fraternidades, mas que nem sempre possuem conhecimento específico para uma satisfatória gestão administrativa, recomenda-se um trabalho de formação com pessoas qualificadas, incluindo-se a confecção de subsídios próprios para tal.       

2.      Presença no mundo com sentido de missão: ser Igreja em saída, um laicato maduro:

- considerando-se a urgência na formação de novas lideranças para a renovação das Fraternidades, recomenda-se um trabalho efetivo de animação vocacional;

- considerando-se o disposto no artigo 15 da Regra da OFS que nos exorta a assumir “iniciativas corajosas, quer individual quer comunitária” e, em vista da atual realidade social e política, recomenda-se que as Fraternidades, em todos os níveis, promovam a formação com conhecimento específico nas diversas áreas de inserção, estimulando os irmãos para a atuação na sociedade apresentando o perfil da OFS.

- considerando-se que ainda há um grande número de Fraternidades Locais sem Assistência Espiritual e que o Conselho Internacional da Ordem Franciscana Secular regulamentou a Assistência Espiritual Leiga, recomenda-se a realização de um curso de capacitação para Assistentes Espirituais Leigos, a ser promovido pelo Conselho Nacional.

 

3.      JUFRA

- constatando-se que em números reais as Fraternidades de JUFRA alcançam somente um quinto do número de Fraternidades de OFS, as Fraternidades nos diversos níveis devem trabalhar intensamente para o surgimento de novas Fraternidades de Juventude Franciscana, a partir do estudo da “Cartilha para Animadores Fraternos”, lançada neste Capítulo Nacional, como subsídio de formação permanente.

 

Castanhal, 23 de agosto de 2015.

Equipe de Redação:

Antonio Carlos Alves

Denize Aparecida Marum Gusmão

Raphael Rodrigues Taboada

 

 

 

© 2016 - Ordem Franciscana Secular do Brasil.
Rua Adro de São Francisco, s/n, Saúde,
Zona Portuária, Rio de Janeiro – RJ
CEP 20081-290 - Fone: 55 (21) 2240-4565
Email: ofsbr@terra.com.br