Segunda, 23 Julho 2018 21:10

Relíquia e Imagem de São Francisco visitam autoridades em São Luís-MA

Peregrinando no Distrito I da OFS do Maranhão, com Franciscanos e Franciscanas Seculares das Fraternidades da Ilha de São Luís, a Relíquia e a Imagem de São Francisco de Assis foram levadas ao encontro das autoridades constituídas do Estado do Maranhão e do Município de São Luís.

Apoiados nos ensinamentos dos artigos 13 a 15 da Regra da OFS, e seguindo as pegadas do Pai Seráfico, experimentamos a alegria de sermos Igreja em saída como nos pede o Papa Francisco, levando nossa oração e nossa mensagem de Paz por meio de exortações extraídas das Fontes Franciscanas e transcritas nas cartas entregues às autoridades visitadas.

Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão – A Relíquia e a Imagem visitaram o Plenário da Assembleia Legislativa, ocasião em que o Presidente Othelino Neto suspendeu os trabalhos legislativos para um momento de canto e oração, ocasião em que foi lida Carta do Distrito I à Assembleia Legislativa, com o trecho em que Francisco de Assis “pregou ao Sultão os mistérios da Trindade e da Redenção. E fê-lo com tal fervor e entusiasmo, que bem parecia realizar-se nele aquilo do Evangelho: Hei de pôr-vos na boca uma tal sabedoria, que nenhum dos vossos adversários conseguirá resistir-lhe (LM,9,8).  Finalizando,  a Carta pede aos parlamentares para buscarem os caminhos do diálogo e do entendimento na aprovação de leis que beneficiem toda a população e todos os recursos naturais da  nossa Mãe Terra no Estado do Maranhão, independentemente dos Partidos a que pertencerem.

“Momento importante para nós, ... rogamos que ele [São Francisco] nos dê a sabedoria necessária para que possamos conduzir os nossos trabalhos, ao mesmo tempo a tranquilidade e a paz, que é o que nós mais precisamos neste momento que passa o Brasil; de tolerância, de tranquilidade para conseguirmos superar as diferenças e recuperar o crescimento e voltarmos a viver com a paz que merecemos,” concluiu Othelino Neto, presidente da Assembleia legislativa do Estado do Maranhão.

Câmara Municipal de São Luís – Também aos vereadores de São Luís foram solicitados os caminhos do diálogo e do entendimento, exortando-os: “Irmãos todos, vigiemo-nos muito a nós mesmos, a fim de não perdermos ou desviarmos do Senhor a nossa mente e nosso coração sob a aparência duma recompensa, ou obra, ou ajuda. Mas na santa caridade que é Deus (cf. l Jo 4,16), rogo a todos os irmãos, ... removam todos os obstáculos e rejeitem todos os cuidados e solicitudes, para, com o melhor de suas forças, servir, amar, adorar e honrar, de coração reto e mente pura, o Senhor nosso Deus, pois é isto o que ele deseja sem medida”(RnB 22,22). Participaram vários parlamentares e servidores municipais, e a Câmara foi representada pelo Vereador Marcial Lima.

  Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão – O Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, abriu o Salão Nobre para, em companha de outros desembargadores e servidores receber a Relíquia e a Imagem São Francisco de Assis. A OFS do Distrito I fez a oração inicial, e o Desembargador José Ribamar Castro, nosso irmão Franciscano Secular fez uma profunda Reflexão pelo Tribunal sobre o “Judiciário Estadual à Luz da Espiritualidade Franciscana”. Após, foi lida a Carta do Distrito I da OFS, dirigindo ao Judiciário Estadual do Maranhão, trecho do Capítulo V 2a Carta aos Fieis, onde São Francisco orienta que “os que estão investidos do poder de julgar os outros exerçam o cargo de juiz com piedade assim como eles mesmos esperam obter do Senhor a misericórdia”...  Em seu pronunciamento, o Presidente declarou que a carta seria lida no Pleno dos Desembargadores no dia seguinte, e que faria parte dos anais do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão.

   Prefeitura Municipal de São Luís – Relíquia e Imagem de São Francisco, por meio dos Franciscanos Seculares, ofereceram aos servidores municipais um trecho da Carta aos Governantes de todos os povos:“diante do povo que vos foi confiado, prestai ao Senhor este testemunho público de veneração: todas as tardes mandai proclamar por um pregoeiro, ou anunciai por algum sinal, que todo o povo deve render graças e louvores ao Senhor Deus Todo-Poderoso”. Foi contagiante a presença de muitos servidores e do Secretário Municipal Adjunto do Governo, Antonio Calado, numa acolhida de muito carinho pelo Serafim de Assis.

Governo do Estado do Maranhão – A Relíquia e a Imagem do Pai Seráfico foram recepcionadas pelo próprio Governador Flávio Dino e muitos servidores do Palácio dos Leões. Como nos outros órgãos, a OFS fez a oração inicial e a oração final, dando espaço para a reflexão do anfitrião. Foi o próprio Governador que proclamou o Evangelho, e fez uma breve reflexão, destacando que havia escolhido outro Evangelho, mas ao ouvir a música que falava do encontro com o leproso, lembrou-se de um momento difícil que viveu em Brasília e que um Frade Franciscano o orientou a refletir sobre o Evangelho de São João (20, 14-16). Declarou-se um devoto de São Francisco e ressaltou que “a fé profunda que tenho é que na nossa Nação, quem governa, precisa entender que o aqui,  agora, o imanente só tem sentido a partir da transcendência, daquilo que não se vê”.

Na Carta entregue, os Franciscanos Seculares solicitaram que fosse atendido o pedido de São Francisco de Assis aos Governantes de todos os povos: “Peço-vos, com todo o respeito de que sou capaz que, no meio dos cuidados e solicitudes que tendes neste século, não esqueçais o Senhor nem vos afasteis dos seus mandamentos”, e pediram, também, especial atenção de vossa Excelência ao artigo 12, inciso I, da Constituição do Estado do Maranhão, que trata do cuidado com a população, nas áreas de combate às causas da pobreza e da marginalização, saúde, assistência, moradia, saneamento básico e com o zelo da Casa Comum.

Superintendência do Ministério da Fazenda – A visita ao Ministério da Fazenda foi incluída no roteiro da peregrinação da Relíquia e da Imagem de São Francisco, em função das suas atribuições estratégicas de arrecadar, fiscalizar e controlar os recursos necessários ao financiamento de Políticas Públicas necessárias ao bem estar da sociedade e da conquista ou resgate da dignidade humana e da cidadania de milhões de brasileiros. A Carta do Distrito I aponta o ensinamento de São Francisco de Assis a fim de que  “os irmãos que forem capazes de trabalhar, trabalhem; e exerçam a profissão que aprenderam, enquanto não prejudicar o bem de sua alma e eles puderem exercê-la honestamente.” (RnB 7)

Duas pequenas empresas – Dentro da mesma dinâmica de interação do Carisma Franciscano Secular com os diversos segmentos da sociedade, foram visitados dois pequenos empresários, que utilizam mão-de-obra intensiva no processo de produção, garantindo salário e sustento a muitos, testemunhando com a vida e com a atividade que desenvolvem, que a economia local é uma alternativa de conquista e manutenção da dignidade humana e dos direitos fundamentais, principalmente com políticas econômicas que garantam a sobrevivência de pequenos negócios num mundo econômico globalizado, refém da voracidade do grande capital, tanto produtivo quanto financeiro.

Uma das pequenas empresas visitadas, que atua na área de alimentos regionais congelados prontos para o consumo (mocotó, feijoada e escondidinho de carne), e na produção de eventos, tendo como sócio o irmão Paulo, Formando da Fraternidade Nossa Senhora do Carmo, a mais antiga do Maranhão. A outra empresa atua na área de paramentos religiosos católicos e é dirigida por uma batalhadora de nome Nazaré, tendo sua mão-de-obra composta por filhos, genros, noras e outros trabalhadores e trabalhadoras que, juntos, ajudam as celebrações a ficarem mais bonitas e a garantirem o próprio sustento.

 Por: Maria de Lourdes Nunes, Coordenadora do Distrito I da OFS do Maranhão

 

Read 577 times
© 2016 - Ordem Franciscana Secular do Brasil.
Rua Adro de São Francisco, s/n, Saúde,
Zona Portuária, Rio de Janeiro – RJ
CEP 20081-290 - Fone: 55 (21) 2240-4565
Email: ofsbr@terra.com.br