Sábado, 15 Março 2014 15:17

Frei Almir Guimarães fala sobre as conquistas e desafios da OFS no Capítulo Nacional

Dando continuidade as atividades do Capítulo (Assembleia) Geral da Ordem Franciscana Secular do Brasil, OFS, na manhã deste sábado, o Assistente Nacional, Frei Almir Guimarães, ministrou o tema central do Capítulo: “OFS: conquistas, exigências e desafios do mundo atual”,  e o lema: coragem! “eis que faço novas todas as coisas” (Ap 21,5).

O palestrante reafirmou que no mundo de hoje é preciso buscar o novo, pois não há espaço para o velho. “As instituições envelhecem, mas suplicam que sejam ajudadas a Rejuvenescer”, afirmou, solicitando que as fraternidades se abram para as novidades do mundo moderno, porém sem perder a essência da espiritualidade.

O frei reconheceu que a OFS, pelo seu modo estrutural, busca se renovar. “A Ordem Franciscana Secular tem o sadio hábito de rever sua caminhada. Não quer que seus membros se esclerosem. Os franciscanos seculares são avessos a toda sorte de Engessamento”. Mas o frei também afirmou que é preciso que as pessoas mudem, busquem aprimorar sua espiritualidade, dai a importância dos retiros, encontro, capítulos e o meios de comunicação que temos e precisamos saber usar mais.

“Não queremos apenas mudar por mudar, acolher meia dúzia de novidades fugazes, nem colocar alguns remendos em panos já meio gastos. Sentimos que cristãos seguidores do Cristo vivo ressuscitado, sempre novo, não podemos nos acomodar às coisas que foram envelhecendo”, exaltou o Frei Almir.

O palestrante lembrou que Francisco de Assis foi tido como o homem novo, homem de século futuro. Segundo ele, a novidade, no entanto, já estava estampada na carne e na pregação de Francisco. E reforçou, afirmando que “nós os franciscanos seculares, estamos proibidos de envelhecer, que os franciscanos se consideram herdeiros desse homem novo”.

 

Mesa Redonda

Após a palestra ocorreu uma mesa redonda para reformar o tema, com ênfase para as prioridades: Juventude e Família. A mesa foi composta pelo próprio palestrante; pelo Ministro Nacional, Antônio Benedtio; a Formadora Nacional, Maria Bernadette; a Secretária Nacional da JUFRA, Mayara Ingred; o Assistente Nacional da JUFRA, Frei Wellington Buarque.

 

Também esteve na mesa uma franciscana do Rio Grande do Sul, engajada na vida da Igreja e da sociedade, Isabel Socorro, que foi convidada para falar sobre a família no engajamento da Igreja e da sociedade e reforçou sobre a importância do uso das novas ferramentas da comunicação no processo dos relacionamentos familiares, porém sem esquecer as relações interpessoais e que o importante é o testemunho “O grande desafio e o amor, que precisa ser sempre retomado”, exaltou Isabel. Frei Wellington, com reforço da Mayara, falou sobre a Juventude e seus desafios e que é preciso acolher a juventude.

 

Houve o complemento do Frei Almir e a participação de vários membros da assembleia sobre as duas temáticas. Ficou evidente entre a participação dos membros da mesa e dos participantes que o centro de tudo tem que está Jesus.

 

 Texto: Edmilson Brito

Read 8311 times
© 2016 - Ordem Franciscana Secular do Brasil.
Rua Adro de São Francisco, s/n, Saúde,
Zona Portuária, Rio de Janeiro – RJ
CEP 20081-290 - Fone: 55 (21) 2240-4565
Email: ofsbr@terra.com.br