Sexta, 14 Agosto 2020 19:56

Nota de Adesão das Comissões de JPIC de Ordens Franciscanas do Brasil à Carta dos Bispos ao Povo de Deus

As Comissões de Justiça, Paz e Integridade da Criação dos Frades Franciscanos do Brasil, dos Frades Franciscano-capuchinhos do Brasil e dos Franciscanos Seculares do Brasil, bem como a Secretaria Nacional de DHJUPIC da Juventude Franciscana do Brasil apoiam e aderem à CARTA AO POVO DE DEUS, assinada por mais de 150 bispos, “interpelados pela gravidade do momento em que vivemos”, a fim de “ver superada esta fase de tantas incertezas e tanto sofrimento do povo… na construção de uma sociedade estruturalmente justa, fraterna e solidária”, no “restabelecimento do respeito ao Estado democrático de direito… com uma economia que vise ao bem comum, com ‘terra, teto e trabalho’, com educação e saúde integrais e de qualidade para todos”.

Neste 11 de agosto, em que recordamos de Santa Clara de Assis, iluminamo-nos com a sua vida que, com olhos fixos em Jesus pobre e crucificado, tem clara decisão pelo caminho de fraternidade, de cuidado com toda a vida e de doação aos pobres, bem como clareia nossas opções e atitudes nesse momento difícil em que atravessamos em nosso país. Ao mesmo tempo, os nossos 152 bispos brasileiros nos iluminam ao escreverem a “Carta ao Povo de Deus”, conclamando a um amplo diálogo, em vista de superarmos o “sistema do atual governo, que não coloca no centro a pessoa humana e o bem de todos, mas a defesa intransigente dos interesses de uma ‘economia que mata”, dentre outras várias mazelas que a Carta denuncia e busca a urgente superação.

Com grande clareza, portanto, os bispos afirmam que a “causa dessa tempestade é a combinação de uma crise de saúde sem precedentes, com um avassalador colapso da economia e com a tensão que se abate sobre os fundamentos da República, provocada em grande medida pelo Presidente da República e outros setores da sociedade”, percebendo “a incapacidade e inabilidade do Governo Federal em enfrentar essas crises”, o qual demonstra inaceitável “omissão, apatia e rechaço pelos mais pobres e vulneráveis da sociedade”.

Manifestamos, pois, a nossa solidariedade e oração a todos os afetados pela pandemia e às famílias em luto pelas mais de 100 mil pessoas mortas pela covid! E todos nós, franciscanas e franciscanos, filhos do Santo da paz, da ecologia e das relações justas e reconciliadas, abracemos hoje o compromisso com a justiça e a paz em nosso país, pela
garantia das instituições democráticas e a superação do ódio e da indiferença, pois “todos, pessoas e instituições, seremos julgados pelas ações ou omissões neste momento tão grave e desafiador”.

Festa de Santa Clara, 11 de agosto de 2020.

Fonte: JPIC

Ler 410 vezes
© 2016 - Ordem Franciscana Secular do Brasil.
Rua Adro de São Francisco, s/n, Saúde,
Zona Portuária, Rio de Janeiro – RJ
CEP 20081-290 - Fone: 55 (21) 2240-4565
Email: ofsbr@terra.com.br