Segunda, 13 Janeiro 2020 12:37

OFS divulga documento final do Encontro Nacional de JPIC

Irmãs e Irmãos, Paz e bem!

“Profecia e Esperança de uma OFS em Saída” foi o tema do Encontro Nacional de Formação para Animadores de JPIC (Justiça, Paz e Integridade da Criação), realizado na cidade do Rio de Janeiro, sediado no Instituto Francisca Paula de Jesus (Escola das Irmãs Franciscanas do Senhor), no período de 06 a 08 de setembro de 2019, reunindo irmãs e irmãos da Ordem Franciscana Secular de todas as regiões do Brasil.

Esta iniciativa é fruto do XV Capítulo General Ordinário da Ordem Franciscana Secular, realizado entre os dias 04 e 12 de novembro de 2017, em Roma/ Itália, no qual se fixou o nome de JPIC a nível mundial para reunir nossos esforços na construção de um mundo de Paz e Bem, em união com a Família Franciscana e outros carismas que atuam na JPIC.

Por isso, o objetivo do Encontro Nacional de Formação para Animadores de JPIC foi rever a organização do serviço de Justiça, Paz e Integridade da Criação (JPIC) para melhor atender as exigências de nossa Regra, das Constituições Gerais e do Conselho Internacional da OFS que nos apontou o JPIC como uma prioridade de nossa vida, com a qual todo franciscano e franciscana deve se comprometer.

No XV Capítulo General Ordinário da OFS houve a decisão unânime da assembleia capitular para a criação do SECRETARIADO GERAL de JPIC, que funcionará como referência mundial para os trabalhos nesse âmbito e será responsável pela divulgação e troca de materiais, confecção de publicações, promoção de campanhas emergenciais (desastres naturais e calamidades) e articulação da OFS com a Franciscans International - FI (Representação dos franciscanos na Organização das Nações Unidas - ONU), além de dar suporte para quem já abraçou o serviço de Justiça, Paz e Integridade da Criação (JPIC) e motivar quem ainda não entrou na caminhada.

Justiça, Paz e Integridade da Criação não são apenas três eixos de ação, mas é uma unidade que exprime, em síntese, uma visão da realidade; uma realidade complexa, cujas dimensões estão intimamente interligadas entre si e cuja raiz está no mistério da Criação e da Encarnação. Isso significa que negligenciar uma dessas dimensões interfere sobre a realidade global e que o cristão, com o seu estar e agir no mundo, é chamado a integrá-la como fermento de transformação a partir de seu interior, segundo uma ordem de justiça, paz, cuidado da “casa comum”.

Nesse sentido, JPIC pode ser considerado como um paradigma de interpretação privilegiada, no qual reconhecemos como raiz a Sagrada Escritura. Essa mensagem se tornou a vida de São Francisco de Assis, e nele encontrou terra fértil, apostolado, testemunho e profecia. Aos poucos JPIC foi sendo traduzida e melhor sistematizada como identidade de vida evangélica pelo magistério dos Pontífices e, sobretudo, pelo Concílio Vaticano II (1962 - 1965). A partir daí, nasceram Organismos e Comissões que concentraram a sua atenção sobre estas dimensões. “A evolução da reflexão e da experiência eclesial, sob o Pontificado do Papa Francisco, levou à maturação a Instituição de um novo Ministério Pontifício para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral” (JPIC - Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, 2017).

Diante da "boa nova" proveniente do XV Capítulo Geral da OFS, dos desafios que nos são propostos e objetivando conhecer onde estão e como andam nossas ações, o serviço de JPIC do Conselho Nacional da OFS lançou um pequeno questionário para mapear as diversas realidades com as quais dialogamos e somos presença como fraternidade ou, ainda, como irmãos e irmãs e, posteriormente, verificar como contribuir para a continuidade de projetos que visem o cuidado com a nossa Casa Comum e a inclusão dos esquecidos que "estão à beira do caminho".

Outra necessidade percebida durante os encaminhamentos do referido Capítulo Geral foi o pouco material formativo sobre o serviço de JPIC da OFS. Diante dessa carência, certos de que a ação de todo franciscano e franciscana secular será sempre na sociedade - contribuindo, transformando e construindo novas realidades - onde nossa presença deverá ser sempre sinal das bem-aventuranças, e, no esforço de oferecer pistas para uma caminhada comum na OFS do Brasil, oferecemos este subsídio que não esgota as possibilidades de nossa contribuição, mas nos ajuda a caminhar na busca da “Utopia” Franciscana.

 

Maria José Coelho - Ministra Nacional da OFS do Brasil

Equipe Nacional de Formação da OFS do Brasil

Hélio Gouvêa - Coordenador Nacional de JPIC

Ler 810 vezes
© 2016 - Ordem Franciscana Secular do Brasil.
Rua Adro de São Francisco, s/n, Saúde,
Zona Portuária, Rio de Janeiro – RJ
CEP 20081-290 - Fone: 55 (21) 2240-4565
Email: ofsbr@terra.com.br