Domingo, 18 Março 2018 16:33

Capítulo Nacional Eletivo da OFS teve espaço para organização no Conselho Nacional

 

Os membros do Conselho Nacional da OFS do Brasil concluíram a última reunião do triênio (2015-2018),  realizada em Brasília, DF, de 15 a 18 de março. O Encontro foi iniciado com a reunião da Equipe de Formação e da Conferência dos Assistentes. A reunião tratou de vários temas e, entre eles, a organização da parte documental do XXXVII Capitulo  Nacional Ordinário e o XIV Capítulo Eletivo Nacional.

O tema do Capitulo Nacional, “Franciscanos Seculares, protagonistas de uma Igreja em saída” e o lema “Anunciando Cristo pela vida e pela palavra” (Art. 6 da Regra e Vida), já tinham sido visto em reuniões anteriores, ficando para esta a aprovação do Regimento, Oração, Orientações e Edital de Convocação, entre outras resoluções para o capítulo, que será realizado de 24 a 25 de agosto, deste ano, na capital baiana, no CTL- Centro de Treinamento de Líderes da Arquidiocese de Salvador.

Em clima de despedia, sendo a última reunião, muitos conselheiros teceram palavras de avaliação, agradecimento pela convivência e atuação  conjunta como fraternidade nacional. O Ministro Nacional, Vanderlei Suélio, agradeceu o apoio de todos os conselheiros e disse está tranquilo do dever cumprido. “Sinto-me feliz por ter chagando até aqui. Agradeço a Deus, aos irmãos e a intercessão de nosso Pari Seráfico São Francisco e nossa irmã, Santa Clara  de Assis, pois com a força e inspiração deles realizamos muitas coisas em benefício de nossa Ordem”, exclamou o Ministro.

Na reunião, mas uma vez foi solicitado de todos os conselheiros o empenho para o cadastramento dos membros da OFS do Brasil, no sistema online, como forma de organização e controle. Também foi  e tirado algumas dúvidas que surgiram por parte dos conselheiros visitadores das Fraternidades Regionais, uma delas a questão do uso de CPF, que ficou esclarecido que em virtude de sermos entidade de cunho religioso, mas também de personalidade civil, pois, assim, tem que ser feita a colocação do CPF, como forma de identificar os contribuintes, além do que, explicou o ministro, os dados são extremamente sigilosos, o que devem os membros ficar despreocupados.  

Texto e Fotos: Edmilson Brito

 

Read 354 times
© 2016 - Ordem Franciscana Secular do Brasil.
Rua Adro de São Francisco, s/n, Saúde,
Zona Portuária, Rio de Janeiro – RJ
CEP 20081-290 - Fone: 55 (21) 2240-4565
Email: ofsbr@terra.com.br