Quinta, 13 Agosto 2015 00:00

CÂNTICO DE AMOR

Que seria eu sem ti, que vieste ao meu encontro?

Que seria eu sem ti,

senão um coração adormecido no meio do bosque,

apenas uma hora que passa na esfera do mostrador do relógio, 

nada mais que um balbucio?

A respeito das coisas humanas tudo aprendi de ti

e até agora vejo o mundo à tua maneira.

Tudo aprendi de ti

como se estivesse bebendo numa fonte

ou lendo no céu das estrelas distantes,

como se estivesse repetindo

a canção de alguém que canta do meu lado.

Tu me tomaste pela mão  nesse inferno do mundo moderno

em que o homem não sabe ser dois.

Deste-me a mão como um amante feliz!

 

 

 

Louis Aragon

Read 1210 times
© 2016 - Ordem Franciscana Secular do Brasil.
Rua Adro de São Francisco, s/n, Saúde,
Zona Portuária, Rio de Janeiro – RJ
CEP 20081-290 - Fone: 55 (21) 2240-4565
Email: ofsbr@terra.com.br